Tubos e vitória dos brasileiros abrem o Oi Rio Pro mai12

Tags

Publicações Relacionadas

Facebook

 
 

Tubos e vitória dos brasileiros abrem o Oi Rio Pro

Nesta terça-feira (12) começou o Oi Rio Pro, a etapa brasileira do campeonato da World Surf League (WSL), a liga mundial de surfe. Com um show de tubos e aéreos nas ondas de até 2 metros na Barra da Tijuca, o onze vezes campeão mundial Kelly Slater comandou o espetáculo surfando tubos incríveis e conquistando notas 9,77 e 9,50.

Em seguida vieram seis vitórias brasileiras com Wiggolly Dantas, o campeão mundial Gabriel Medina, Italo Ferreira, o líder do ranking Adriano de Souza, Jadson André e Filipe Toledo. Mineirinho estreou com a lycra amarela de número 1 do mundo pegando um tubaço nota 9,73 para totalizar 17,90 pontos. Já Filipe usou os aéreos para garantir a vitória por 16,27 pontos com a nota 9,70 do voo mais espetacular do primeiro dia da competição.

Depois das doze baterias masculinas, foi iniciada a categoria feminina para fechar a terça-feira de boas ondas no Postinho. As duas representantes brasileiras entre as meninas não tiveram sorte e perderam as suas baterias. A cearense Silvana Lima e a paulista Luana Coutinho terão uma nova chance na segunda fase para continuar na competição.

O Oi Rio Pro continua na quarta-feira às 7h da manhã, podendo se estender até o dia 22 de maio.

Gabriel Medina no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Gabriel Medina no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Gabriel Medina no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Gabriel Medina no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Adriano de Souza no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Adriano de Souza no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Adriano de Souza no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Adriano de Souza no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Kelly Slater no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Kelly Slater no Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

Oi Rio Pro / Foto: João Mattos / FotoNews

(Fotos: João Mattos / FotoNews)


Comentários

comments